sexta-feira, 9 de junho de 2017

O que significa "Zusammengehörigkeitsgefühl"?


Escrevi este texto como exemplo do poder das palavras e como podemos fazer nossas viagens interiores cultivando um olhar mais explorador e crítico em relação às línguas em geral. Este não é um exercício a se fazer constantemente, mas recomendo a todos realizá-lo quando alguma palavra chamar sua atenção de modo diferenciado, e enquanto lhes der prazer. O exercício é também ótimo para quem aprende línguas estrangeiras, porque além de autoconheicmento, enriquece o conhecimento e vocabulário.  Você não precisa ser um linguísta para isso. Vamos lá?


Aprendi a palavra „Zusammengehörigkeitsgefühl“ (substantivo neutro) esta semana e me apaixonei completamente. Então, paixão por uma palavra? Como assim? Pensando sobre isso, surgiram as seguintes perguntas: Que grupos fazem parte de sua vida? Que ser social é você? Vou explicar... Para entender porque a palavra não saía de minha cabeça, comecei um exercício que descrevo abaixo (sem academicismos), e que pratico algumas vezes.

Em minha paixão multifacetada explorei seus 4 aspectos básicos, sem entrar no uso corrente da palavra (ou teria de escrever um livro rsrsrs):

Aspecto 1) Significado


Em português, podemos traduzi-la como “pertencimento” ou “sentimento de pertencer”. Seu significado por si só já faz com que eu considere a palavra linda. Pertencimento é um sentimento importante que garante a integridade, completude e afirma a identidade social de todos nós, humanos.
Como sinônimo em alemão, temos „die Verbundenheit”, que pode ser traduzida como ligação, vínculo. Ou, ainda, die Zugehörigkeit, filiação a um grupo, pertencimento.

Aspecto 2) Desafio da pronúncia


Ao entender o significado, pensei imediatamente: como pode uma palavra tão importante aos seres humanos ser difícil de falar? Imagino que nós, estrangeiros(as), certamente acharíamos difícil de pronunciar. Resolvi treinar e entender como funciona.

A divisão de sílabas, segundo o dicionário online Duden, é a seguinte: Zu|sam|men|ge|hö|rig|keits|ge|fühl, e a sílaba tônica é “sam”.

Repeti a palavra várias vezes e prestei atenção em minha voz, gravei no celular, ouvi, observei minha fala e o meu sentimento ao me ouvir. Depois de ouvir a terceira vez, já pensava em seu significado e formação, não mais na pronúncia. Vamos abrir a caixa de surpresas? Segui adiante...

Aspecto 3) Estrutura da palavra


Como todas as longas palavras da língua alemã, “Zusammengehörigkeitsgefühl” é um quebra-cabeças com várias peças/palavras, muito representativo da língua alemã, que é quase um Lego gigantesco e vivo. Sinto, algumas vezes, que só é compreensível para os nativos. rsrsrsrs Vamos tentar destrinchar a palavra.


Zusammengehörigkeitsgefühl

Zusammen – significa “junto (a)”; funciona também como prefixo em outras palavras como “der Zusammenhang” (substantivo que significa contexto) ou “zusammenarbeiten” (verbo que significa “trabalhar junto”)
O que prevalece é sempre a ideia de algo que se faz, se sente ou se passa junto, a ideia do grupo. Lindo!

Zusammengehörigkeitsgefühl

das Gehör – significa “audição“, mas é usado também em expressões como “ein gutes Gehör für Musik haben” ou „jemandem, einer Sache Gehör schenken (jemanden, etwas anhören; auf jemanden, etwas eingehen: er schenkte ihr, den Bitten kein Gehör)“, por exemplo.
De um modo geral, está sempre conectado a ideia de audição ou de pertencer, e pode ser desdobrado em verbo ou adjetivo, como em gehören (verbo) ou gehörig (adjetivo).

Zusammengehörigkeitsgefühl

A seguir, encontramos o sufixo -keit formador de substantivos de gênero feminino, que podem ser derivados de adjetivos com terminação -ig. Veja os exemplos abaixo:
Betriebsamkeit ou Sauberkeit ou Süßigkeit ou Möglichkeit (substantivos)

Zusammengehörigkeitsgefühl

Por último, temos uma palavra que também gosto muito.

das Gefühl – significa “sentimento”
Esta palavra, como muitas da língua alemã, forma outras, como: gefühllos (adjetivo), ou das Gefühlsleben (substantivo), ou das Zeitgefühl (substantivo).

Aspecto 4) Reflexões como resultado do exercício com palavras


Não é necessário dizer o quanto palavras como Gefühl estão presentes na vida de qualquer ser humano. Mas é interessante pensar por quantos sentimentos diferentes cada um de nós que se muda para outro país e passa pelo processo de adaptação e integração vivencia dentro de si. Quem migra para qualquer país do mundo é invadido por uma avalanche de emoções e percepções. A palavra “Gefühl” (sentimento) deixa de ser algo horizontalizado e/ou superficializado, e passa a uma dimensão em direção vertical e profunda, pelo simples fato de estarmos imersos em um mundo a conhecer, e termos de nos observar e recriar a cada instante. O estrangeiro(a) vive em estranhamento constante, a novidade, o choque cultural, a mudança, o crescimento são uma constante e estão diariamente presentes em sua vida. O estrangeiro passa pela situação do não-pertencimento, que para alguns, pode ser um breve momento, e para outros, pode ser por longo período. No entanto, todos passamos pelo movimento de busca a um pertencimento, que envolve muitos sentimentos positivos ou não. Se você mora em outro país, ou cidade, como foi a sua busca? Como você viveu esse movimento de vida? A quais grupos pertenceu ou pertence em sua nova morada? 

Este exercício pode nos levar a diferentes caminhos, e pode ser feito mesmo em nossa língua mãe. É sempre uma viagem pelo poder das palavras. 


Gostou do post? 
Deixe seu comentário abaixo!

Nenhum comentário: